Saúde e Cuidados

Que a saúde se difunda sobre a Terra

Sabemos que a Campanha da Fraternidade, desenvolvida especialmente na Quaresma, quer nos ajudar a viver a conversão pedida por Jesus nas situações concretas da vida do povo. Neste ano, colocando o tema da Saúde Pública, o Objetivo Geral da Campanha da Fraternidade aponta quatro aspectos muito importantes:

  1. Refletir sobre a realidade da saúde no Brasil. A maioria de nós ainda não conhece a realidade da saúde pública de nosso país e de nossa cidade. Sem conhecer minimamente a situação, os direitos e deveres implicados na saúde pública, dificilmente poderemos transformar a realidade em que vivemos.
  2. Educar para uma vida com hábitos saudáveis. Está cada vez mais claro que se não cuidarmos do dom da vida, as consequências para saúde serão negativas. É necessário que o ser humano tome consciência de que precisa se disciplinar para hábitos saudáveis de vida, como alimentação, exercícios físicos, amizade, cultivo da fé, etc, dos quais muito dependerá a qualidade de sua vida, tanto espiritual quanto física.
  3. Suscitar o espírito fraterno e solidário em relação aos doentes. A doença é um tempo difícil na vida das pessoas, onde muitas vezes brotam as crises existênciais e de fé. O que ajuda muito nessas situações é a solidariedade para com os enfermos. Os cristãos devem, a exemplo do bom samaritano (Lucas 10, 29-37), descobrir a importância do cuidado solidário como grande remédio para a doença.
  4. Defender e melhorar o Sistema Único de Saúde. É preciso reconhecer que o SUS é um projeto ótimo e que já contribuiu muito para a saúde pública em nosso país. Só em 2011 estima-se que o SUS realizou cerca de 3,6 bilhões de procedimentos. Por outro lado, sabe-se que este Sistema ainda tem muito que melhorar para corresponder às necessidades do povo. Mas para isso será necessária a participação de todo o povo no processo de fortalecimento do SUS.

 Olhando para estes quatro aspectos, percebemos que a Campanha da Fraternidade deste ano nos ajuda mais uma vez a viver a fraternidade em compromissos concretos, no processo de transformação da sociedade, a partir da questão da saúde pública. Que possamos nos empenhar todos nessa jornada, a fim de que, realmente a saúde se difunda sobre a terra.

 Pe Marcelo Samaroni Spézia – Vigário Paroquial

Deixe um comentário